Viagens: Munique

Hello!

Neste último final de semana fiquei mais do que surpreendida ao conhecer a Alemanha. Eu sabia que era um lugar especial e admirado por muitas pessoas, mas não tinha idéia, realmente, de como seria a visita.
Foi uma experiência única desde o primeiro momento em que entrei em Munique.
Munique não é uma cidade cheia de pontos turísticos e construções espetaculares, o que para mim, a torna mais especial em cada um de seus detalhes.  Tudo me encantou. As pessoas, a cultura, a comida, a arquitetura, tudo!!!
Não tive a oportunidade de ficar mais tempo, infelizmente, mas o pouco tempo que fiquei me surpreendeu e valeu muito a pena! É um lugar muito especial e diferente.

482197_246649915479447_67143037_n

Planejando/aeroporto/dicas:
Tudo começou há algumas semanas. Compramos as passagens pelo site da Rynair. Em seguida recebemos o e-mail de confirmação da compra e um link para fazer o check-in online. É preferível fazer o check-in antecipadamente e imprimi-lo para deixar tudo preparado para o embarque. Quando viajamos por aqui, sempre optamos pela bagagem de mão, ou seja, uma mala pequena de até 10 kg, sendo que e a soma do comprimento com a largura e a altura não deve exceder 115 cm, para não pagarmos excesso de bagagem e termos menos trabalho durante a viagem. Lembre-se que você pode levar apenas 100 ml de líquido, ou seja,  pequenos frascos de shampoo/condicionador/desodorante etc.
Como estamos morando em Cambridge  o aeroporto mais próximo é o Stansted em Londres, que fica localizado a 50 minutos daqui. O translado até o aeroporto pode ser feito de trem ou ônibus. Desta vez optamos pelo ônibus que estava com um preço melhor, 15 libras ida e volta. Você pode comprar a passagem do ônibus pela internet, no site da National Express, ou na tenda de vendas próxima à estação de ônibus de Cambridge.  Lembre-se de comprar sempre com uma  boa antecedência.
Uma informação de extrema importância para os estudantes! Nunca viaje sem a carta da escola em que você está fazendo o intercâmbio para nenhum outro país  pois no controle de passaporte eles irão exigir isso de você.
Obs: A carta da escola é aquela que você receberá antes do intercâmbio confirmando sua acomodação, sua matrícula, endereço etc.

Hostel:
Após comprarmos as passagens para Munique  entramos no site HostelWorld para escolhermos nosso Hostel.
A escolha foi feita pela localização, limpeza, fotos, comentários etc.  Optamos pelo  Smart Stay Munich City que fica próximo a uma ótima estação de metro e perto de onde é realizada a festa Oktoberfest. É uma boa opção de Hostel, recomendamos 🙂

Passeios:
Locomover-se por Munique é muito fácil, seguro e confortável. Há várias indicações, placas, balcões de informação, além do fato de ser uma cidade pequena onde podemos chegar rapidamente a qualquer destino. Se o idioma for um problema para você, todos sabem falar inglês por lá.
Começamos nossos passeios com os famosos cachorros quentes e cervejas. Não é difícil encontrar pela cidade barraquinhas que os venda, e estão sempre lotadas.

149270_246650258812746_597417027_n

Descemos na estação próxima à Frauenkirche,  famosa catedral localizada na parte antiga da cidade. A partir deste ponto deixe Munique te mostrar o caminho. Todas as pequenas ruas levam a algo especial. Não deixe de conhecer a Maximilianstraße (“ChampsÉlysées” de Munique), mesmo que não goste de fazer compras ou coisas do tipo  pois no caminho você pode apreciar a antiga arquitetura da cidade e chegar a novos destinos.

733878_246649698812802_1440605055_n17799_246649638812808_1233306641_n

Visitamos o Residenz, antiga moradia dos reis e duques da Baviera, este que é considerado um dos museu de interiores mais expressivo da Europa. A visita custa 7,5 euros, e vale a pena conhecê-la se você tiver tempo e paciência  pois ela é realmente grande e cheia de detalhes em uma mistura arquitetônica renascentista, barroca e classicista. Conhecemos a praça principal, Marienplatz, onde fica o lindo prédio da prefeitura, o jardim inglês que na verdade é um grande parque onde as pessoas fazem pic-nic, passeiam etc. No caminho não deixe de apreciar os famosos pretzels, apfelstrudels, cervejas, pessoas, a arquitetura, igrejas….

1312

A comida na Alemanha, para mim, se tornou um grande e prazeiroso passeio. Parar nos cafés, padarias, barraquinhas e experimentar as comidas típicas com toda aquela paisagem foi maravilhoso.  Ir para Munique e deixar de ir ao famoso restaurante e cervejaria, Houfbraunhaus é como se não tivesse conhecido Munique. Fundada em 1589 pelo Duque da Baviera  a cervejaria está sempre lotada de alemães e pessoas do mundo inteiro que vão contemplar seus enormes copos de cerveja e sua boa comida. Basicamente o cardápio é porco com porco e mais porco. Mas acredite, é uma delícia! Meu pedido foi o Original Houfbraunhaus, carne de porco acebolada, repolho e batata gratinada. Ótimo pedido! Uma das minhas amigas não come carne de porco, ou seja, lugar errado! Mas para a sorte dela  havia um prato com frango no cardápio, um dos poucos. O preço é em média 10 euros por pessoa.

543943_246673862143719_2141044135_n 482745_246820178795754_1640546409_n

Há dois passeios diferentes em Munique onde podemos ver toda a cidade do alto. Um é a torre da igreja de São Pedro (Alte Peter) e o outro ainda mais alto, onde fomos, é a torre localizada no Parque Olímpico  onde há o restaurante 181. Lá você pode apreciar toda Munique e uma boa comida, enquanto o restaurante roda lentamente 360 graus. É necessário fazer uma reserva antecipada. Caso não queira ir ao restaurante você tem a opção de visitar a torre e poder ver a cidade do alto por 7 euros. Próximo ao Parque Olímpico há também o museu BMW.

547420_246821242128981_989030197_n

Há passeios que gostaríamos de ter feito, porém o tempo de viagem foi curto e esses locais ficam um pouco mais afastados da cidade.

Campo de concentração Dachau: É o segundo maior na Europa. Para quem conhecer um pouco mais sobre a história vale a pena.  A  30 minutos de trem.

Newschtein: Um dos castelos construídos pelo Rei Ludwig. Fica a 2 horas da cidade, indo de trem. E foi o castelo em que Walt Disney se inspirou para criar o castelo da Cinderela. 🙂

Alianz Arena: O atual estádio do Bayern de Munique.

Dicas:
Blog Feitoamão e Blog coisasqueamamos.

528179_246826065461832_5272945_n 529570_246650905479348_489259222_n 534447_246673712143734_1949664884_n 561381_246654078812364_1572358958_n

Foi um grande prazer escrever sobre a Alemanha! Poderia ficar horas elogiando por aqui!
Mas por hoje é isso! Qualquer dúvida, estou por aqui!

BEIJOS BEIJOS!

P.S: I LOVE YOU

Anúncios

Residência Estudantil

Hello!

Como prometido, este será um post especial sobre a Residência Estudantil.
Sei que é uma dúvida de todo ”pré-intercambista” saber como ela é realmente , quais são as regras, como são os quartos, banheiros etc. Essa dúvida foi um dos motivos pelo qual escolhi, primeiramente, a casa de família. Pela falta de informações, fotos etc, resolvi fazer um vídeo para ajudá-los na escolha:

TRIPOS COURT

Obs:
– Não há corredores com apartamentos exclusivos para homens e mulheres.
– Na cozinha há diversos tipos de panelas, pratos, talheres, copos etc,
– Eu optei por comprar meus próprios pratos, talheres e copos. Mas isso
é uma escolha minha.
– Nunca deixe nada sujo ou desorganizado. Regra da boa convivência, sempre!
– Toda quarta-feira, no período da manhã, alguém limpará seu quarto e trocará
os lençóis e o edredom. Mas mantenha sempre seu quarto limpo.
– Depois das 22h é preciso fazer silêncio.

Qualquer dúvida estarei aqui para ajudar!

BEIJOS BEIJOS!

Holiday

Hello!
Como foi o feriado de vocês? Muito chocolate? Vocês precisam provar o Galaxy.  Para mim é o melhor chocolate do mundo, e ele é britânico.

Neste último feriado recebi a maravilhosa visita do meu namorado. Apresentei Cambridge para ele e depois fomos para Londres. A viagem foi como um sonho! Tenho muitas dicas de passeios, transporte, comida etc. Divirtam-se!

No post, “meu primeiro mês”, dei a vocês dicas sobre passeios em Cambridge. Porém, como disse anteriormente, eu ainda não tinha tido a oportunidade de fazer o famoso “punting” em Cambridge (passeio de barco pelo rio Cam). Neste feriado tive essa experiência maravilhosa e romântica. Vale muito a pena! Durante o passeio você contempla toda a paisagem, arquitetura, história e beleza da cidade.

Sem título-1

Já planejávamos a viajem para Londres há alguns meses e por isso compramos antecipadamente o passeio com o ônibus turístico, BIG BUS RED, por 48 horas. Comprando o ingresso pelo site você recebe descontos.

Eu recomendo 100%. O passeio possui guias em fones de ouvido em oito diferentes idiomas, com duração de 3h15 o passeio completo. Os primeiros ônibus saem às 8h30, diariamente. Os últimos ônibus do dia partem às 16h30, de novembro a fevereiro e às 18h, de abril à setembro. Em março e setembro, os últimos ônibus saem às 17h. É possível embarcar em qualquer ônibus durante esse período. Novos tours começam a cada 10-20 minutos. O passe de 24 horas passa a valer no momento de embarque do primeiro ônibus.
Você pode subir e descer em qualquer parada, mas os pontos de partida recomendados contam com funcionários da Original Tour para orientação, venda de passes e auxílio ao viajante: Baker Street Station, Marble Arch, Trafalgar Square, Green Park e Victoria Station.

Obs: Ande sempre com esse MAPA
IMG_20130329_183052 IMG_20130329_211623

Planejamos também todas as paradas do ônibus turístico.
– Big Ben
– Catedral de Westminster
– Abadia de Westminster
– Galeria Nacional
– Museu Madame Tussauds
– Oxford Street
– Tower Bridge

IMG_20130329_190503 IMG_20130329_190610 IMG_20130329_210733 IMG_20130329_213821 IMG_20130330_185404

IMG_20130329_154810 IMG_20130329_154927 IMG_20130329_155632

Desses, pagamos apenas o Mademe Tussauds que varia de 20 á 30 libras.

Restaurantes e Pubs

Aqui as dicas são valiosíssimas. Uma das coisas mais importantes em qualquer viagem, sem dúvida, é a comida. Tivemos muita sorte ao selecionar os lugares onde fomos.
Recomendamos:
– Jamies Italian (North Retail Angel Building, 403 St John St, Islington), próximo à estação Old Street e estação Angel.

IMG_20130331_153522 IMG_20130331_153548

– The Red Lion PUB (14 Kingly Street), próximo à estação Oxford Street.
– Giuseppe’s Ristorante (47-49 Borough High Street), próximo à estação London Bridge.
– Azzurro (35 Tooley Street), próximo à estação London Bridge.
– Jamies Oliver’s Fifteen (15, Westland Place), próximo à estação Old Street.
– E o nosso favorito: GORDON’S WINE BAR.
(47, Villiers Street), ao lado da estação Embankment.
Este lugar é realmente muito interessante. Para àqueles que gostam de um bom vinho, um lugar diferente, aconchegante, único. Foi uma noite muito especial, e acredito que isso aconteça com todos que visitam o pub.

Obs: os preços variam de 8 á 13 libras por pessoa. 

IMG_20130331_214703 IMG_20130331_214803Capture


Transporte Público
Além do ônibus turístico optamos também pelo metrô e pelos ônibus normais.
Há estações de metrô para todos os lugares, principalmente, para os pontos turísticos.
Você pode utilizar a passagem do metrô para usar o ônibus. O ticket para um dia custa em média 7 libras por pessoa. Usamos esses transportes para ir aos restaurantes, Museu Britânico, London Eye, Oxford Street, Hotel etc.
Apesar dessas facilidades o acesso para cadeirantes é limitado a algumas poucas estações.

IMG_20130331_190052 IMG_20130331_191716 IMG_20130401_152339
Museu Britânico

É um passeio interessantíssimo para quem gosta de História. Vimos  bem de perto, múmias, pedaços de pirâmides, peças de arte decorativa…o lugar atrai mais de 8 milhões de visitantes ao ano com sua arquitetura e acervo impressionante. A entrada é gratuita, bem localizado, com objetos trazidos de diversas partes do mundo, tornando-se um passeio obrigatório para quem vai a Londres. Visitamos a área da Europa, Grécia & Roma, e Egito. Adoramos!

IMG_20130331_191521 IMG_20130331_191449 IMG_20130331_191630

Warner Bros. Studio Tour. Harry Potter

Dica muito importante: compre com MUITA antecedência!
Nós compramos pelo site um mês antes do dia escolhido e quase perdemos a chance de ir, pois estava esgotando os ingressos. Onde comprar? Há várias empresas que fazem o passeio completo, ônibus de ida e volta + ingresso. Nós optamos pela Golden Tours. O valor por pessoa foi de 58 libras.  E garanto que não tem preço para esse passeio, é muito bacana!

O caminho de Londres até o local dura em média duas horas.

Para os fãs do Harry Potter, presenciar o estúdio de gravação, os cenários, as roupas e objetos usados de verdade no filme é muito especial. Pude ver nos olhos de cada criança o quanto tudo aquilo era mágico.

Não deixe de tomar a famosa cerveja amanteigada. Ela não é alcoólica e tem gosto de caramelo 🙂

IMG_20130330_182859 IMG_20130330_183711 IMG_20130330_184001 IMG_20130330_184447 IMG_20130330_184648 IMG_20130330_184720

HOTEL

Ficamos hospedados no hotel Think Tower Bridge. Na realidade são pequenos apartamentos. Aprovadíssimo! O único lado negativo do hotel é não ter serviço de quarto. Mas ainda assim tudo correu maravilhosamente bem. Fica próximo à estação London Bridge, bem localizado.

O meu feriado foi MARAVILHOSO! Não queria que terminasse nunca mais!
Mas agora é hora de estudar! E uma ótima noticia à vocês: PASSEI NA PROVA!
Estou no nível avançado, agora!

Espero que tenham gostado das dicas! Qualquer dúvida estarei aqui para ajudar.

BEIJOS BEIJOS!

P.S: I LOVE YOU.

Semana de mudança

Hello!

Como vocês estão? Gostaria de me desculpar pela ausência desses últimos dias. Passei a semana ocupada com estudos e com a minha mudança para a Residência Estudantil.
Sexta-feira  foi a minha despedida da casa de família. Preparei um jantar como agradecimento pelo tempo que estive morando lá.
Como é feita a mudança?
A escola paga um tranfer para nos levar até a nova residência. Lá o síndico do prédio nos mostra as regras, nos entrega a chave, etc. A mudança foi ótima. Por enquanto só tenho elogios ao lugar. Em breve  postarei um vídeo mostrando a vocês toda a Residência Estudantil, para quem tem curiosidade de saber como realmente é.

Segunda-feira  fui ao jogo do Brasil x Rússia. O trajeto de Cambridge ao estádio do Chelsea durou 3 horas. A emoção de estar participando do jogo foi única. É uma experiência muito prazeirosa e divertida. Apesar do Brasil ter empatado. 🙂

168567_4054052689772_1610929806_n 388396_4054049929703_951819903_n 535783_4054058489917_23553845_n

Hoje é a minha prova, na escola, para trocar de nível. Depois conto como foi a prova e se passei. Me desejem sorte!!!

Durante esta semana estarei viajando, pois é o feriado de Páscoa. Quando voltar, por volta do dia 01/04, postarei duas vezes no blog. Espero que tenham uma ótima semana e feriado.

Beijo beijo!

Stonehenge e Salisbury

Hello!

Como foi o final de semana de vocês? Eu, aqui, aproveitei para sair e conhecer um pouquinho mais da Inglaterra. No início da semana comprei o passeio para Stonehenge e Salisbury, a ser feito junto com a escola. O valor de 38 libras incluía o transporte de ida e volta e uma guia turística . Também comprei, ali mesmo na escola,  o ingresso para o jogo Brasil x Rússia, em Londres, dia 25 de Março.

Sábado pela manhã nos encontramos no lugar marcado para o início da viagem com duração prevista de 2h45 até Stonehenge.

Estava um dia típico inglês com muita chuva e frio. brrrr!

Stonehenge é considerado por muitos como um local místico, um daqueles lugares cercado de mistérios, o qual todos nós desejamos conhecer… e eu ali, muito admirada, finalmente,  em meio a todo aquele cenário.

O Círculo foi construído entre 2500 e 2000 AC, mas a ocupação mística do local começou ainda antes, em 3000 AC. Infelizmente o acesso às pedras é restrito ao seu entorno, ficando proibida uma aproximação maior das pessoas com o monumento.

Isto no entanto não nos impede de admirá-las, ali, tão próximas, com os olhos.

A visita é especial, intrigante e vale demais a pena!

O valor do ingresso é 7 libras.

A 12km dali fica a cidade de Salisbury. Suas ruas aconchegantes com casas do início do século XIV, serve de fundo para a vida social da cidade, que gira, toda ela,  em torno da Catedral, construída em 1258. É realmente muito, muito bonita.

Fomos, também, conhecer uma construção do séc. XVIII onde fica hoje o famoso Pub The Mill.

A entrada e a vista toda ao redor são muito bacanas, sendo um dos pontos turísticos da cidadezinha.

O cardápio, no entanto, permanece o mesmo de todos os Pubs da Inglaterra!

A viagem de volta à Cambridge durou 3 horas.

Foi um dia muito gostoso, muito proveitoso. 🙂

Resumo da semana:

– Esta semana finalmente consegui resolver a situação com a acomodação. Na próxima quinta feira estarei de mudanças para a residência estudantil.
– Quarta-feira, a Kaplan fez o tradicional pub crawl por Cambridge. Visitamos 6 pubs vestindo fantasias e dando muitas risadas.

687_10200330353035276_1122270570_n 59775_231238447020594_2012268217_n

– Na escola tivemos uma avaliação de speak individual com a professora. Fui bem. Minha prova está chegando…
– Na última sexta-feira eu e minhas amigas fizemos um delicioso brigadeiro enquanto planejávamos os roteiros de nossas viagens.

300297_233338916810547_1313604073_n

Por hoje é isso! Uma ótima semana para vocês!
Beijos Beijos!

Meu primeiro mês.

”Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende.”

Quando dei por mim já havia se passado um mês. Tentei encontrar palavras para descrever a vocês essa habilidade do tempo de voar por aqui. Encontrei! Aprender nos traz muitas coisas positivas. Dá-nos um mundo de possibilidades e escolhas diferentes. Nos faz querer mais, e por isso o tempo voa! O que estou vivendo aqui é algo que apenas eu sei. Assim como um  livro é uma aventura diferente para cada pessoa,  uma interpretação e um aprendizado único de cada um.
Estou no primeiro capitulo e não quero mais parar de ler! 🙂

Antes de vir para o intercâmbio o que mais me preocupava era o ”assustador” primeiro mês. Milhares de dúvidas na minha cabeça, medo, insegurança etc. É normal. Por esse motivo resolvi fazer um resumo do meu primeiro mês com cinco tópicos: Escola, Alimentação, Acomodação, Facilidades e Passeios.

Escola (Kaplan): No primeiro dia de aula devemos estar na escola às 8h. Lá, eles encaminham os novos alunos para uma sala, onde são dadas explicações do curso, regras, passeios etc. As mais importantes para citar à vocês são:
O curso na Kaplan possui 5 níveis.  Lower Intermediate/Intermediate/Upper/Advanced/Proficiency.

– Faltas. cada aluno pode faltar até 80% do seu curso, caso contrário não recebe o certificado. Você pode faltar uma sexta feira do mês, mas nunca uma sexta-feira e, em seguida, uma segunda-feira.  Caso você esteja doente é muito importante ligar para a escola avisando e, de preferência levar um atestado médico. 

– Provas. O teste é feito sempre que se completam 5 semanas de curso para o aluno. Porém, se aluno quiser fazer a prova antes, ele pode solicitar à coordenação e ao professor(a). A prova é feita pelo computador com exercícios de gramática, escrita, escuta e leitura.  A avaliação do speak é feita durante as aulas pelo professor.

– Os passeios e viagens com a escola são distribuídos semanalmente. Feita sua escolha de passeio você deve avisar o responsável da escola, Justin,  e fazer o pagamento antecipadamente.

Depois dessas explicações faz-se a prova de seleção de nível. A prova tem uma duração de 45 minutos. Tempo suficiente para fazer a prova com calma. Em um determinado momento eles te chamam para conversar e avaliar sua fala. É uma conversa descontraída. O resultado é dado a cada um, 1h depois, já com os seus horários e salas de aula.

Obs: Uma dúvida de todo ”pré-intercambista” é: como precisa ser meu inglês para estudar fora?
Na minha opinião  é preciso chegar com um inglês acima do básico. Saber pedir informações na rua, fazer pedidos etc. Conheço pessoas que chegaram aqui sem saber falar praticamente nada, elas aprenderam? Sim.  Porém depois de 3 meses saíram com um inglês intermediário. É preciso se dedicar realmente na sala de aula e fora dela, em qualquer nível que esteja. Aproveite todo os momentos para aprimorar seu inglês, pois aqui passa muito rápido e quando mal percebemos estamos indo embora.

Alimentação:
Uma das maiores dificuldades encontradas pelos intercambistas de toda Inglaterra. Como somos estudantes, não podemos sair esbanjando dinheiro para almoçar e jantar. Os valor médios são de 3 à 6 libras.  Basicamente você irá comer: lanche natural, hambúrguer, peixe frito, batata frita, frango, feijão enlatado e ervilha (todos sem tempero).  Morando há um mês por aqui tenho algumas dicas de lugares:

Estudantes: The Avary, EAT, Subway, The Regal, Bella Italia, The Bath House, Giraffe e Milano.
A comida da Kaplan não é uma boa opção. DICA!

Turistas: The Regal, The Bath House, The Eagle, Jamie’s Italian, Nandos, The River, Pret a Monger,   e Indigo Coffe House.

A melhor dica para os estudantes é: Vá ao mercado, compre o que precisa e faça sua própria refeição.

Acomodação:
Essa questão é complemente individual. Cada um se adapta melhor em um lugar diferente. Há pessoas que preferem a residência estudantil, pois você tem o seu próprio quarto e banheiro, faz sua própria comida, tem uma liberdade maior e principalmente por causa da localização. Há quem prefira a Host Family, onde se tem o café da manhã e a janta preparado por eles, um quarto dividido com outra pessoa ou não, banheiro compartilhado etc. Algumas pessoas têm sorte e outras não.
Surgiu algum problema com a sua residência, você deve contatar a escola e sua agência de intercâmbio. Faça isso com no máximo 1 mês de antecedência, pois depois é difícil encontrar vagas disponíveis.

Facilidades:
Uma das minhas preocupações antes de vir para Cambridge era o plano para o meu celular. Neste um mês descobri um plano na Lebara, já citado em outro post do blog, que possibilita ligações ilimitadas para o Brasil e 3G ilimitado, por um mês.  Esse é o plano que se encaixa melhor para mim. Quando você estiver em uma loja, explique quais são suas prioridades e eles te mostrarão o melhor plano para você. Vá à Carphone Warehouse ou à 4U.

Há muitas viagens que valem a pena pela Inglaterra, por um ótimo preço. Próximo à estação de ônibus há uma ”tenda” onde são vendidas passagens de ônibus para Oxford, Liverpool, Manchester etc. Para Oxford, por exemplo, há o ônibus X5 de meia em meia hora saindo de Cambridge. Outra opção são viagens de trem. Há trens de 4 libras para Ely, por exemplo. Uma viagem de 20 minutos para uma cidade encantadora da Idade Média e que todos recomendam.
As viagens com a escola são uma ótima opção para o final de semana. Fique sempre atentos ao calendário de passeios da escola. Normalmente eles incluem duas cidades bacanas num único dia, e por um ótimo preço, ou duas cidades num final de semana incluindo hotel.

Passeios: Cambridge possui uma ótima estrutura para o turismo, o que proporciona diversão o dia todo. Porém, se sua visitar for planejada, escolha o final de semana: nesses dias, todas as atrações se voltam para o turismo. Sua visita pode começar com um delicioso passeio de punting, as famosas gôndolas de Cambrigde. A viagem com o chauffeur dura em média 45 minutos e custa de £10 por pessoa (preço para estudantes) a £25. Já o aluguel do punting para o passeio sem guia custa em média £20 por hora. Eu ainda não tive a oportunidade porque prefiro esperar um belo dia de verão para o passeio. Durante o passeio é possível ver a maioria das faculdades da Universidade de Cambridge por dentro, com seus prédios históricos e lindos jardins. Além da famosa ponte, Mathematical Bridge.
Além dos puntings, da  arquitetura e história, as faculdades ajudaram a dar fama à cidade. A Universidade de Cambridge é composta por 31 faculdades, e é possível visitar muitas delas gratuitamente, como a Peterhouse (a mais antiga, fundada em 1284), e a Magdalene College. St. Jonh’s College (3 libras pela visita.), Trinity College (3 libras pela visita) e a famosa King’s College (de 5 à 7 libras a visita). Outro lugar que merece ser visitado é a feira, que fica bem no centro da Cambridge. Repleto de barracas com todos os tipo de produtos, pode-se encontrar frutas e verduras, bolos e doces artesanais, roupas, discos e CDs, bijuterias e comidinhas deliciosas.

The Fitzwilliam Museum: É o maior museu da cidade e possui obras de artistas  como Monet e Picasso, entre outros, além de artefatos do Egito e de Roma. A entrada é gratuita e o museu funciona de terça a sábado das 10h às 17h e aos domigos e feriados das 12h às 17h. (Endereço: Trumpington Street, CB2 1RB). Fiquem sempre atentos à pontualidade britânica, não e um mito.

image-1363034530457-V

Agora são mais 4 meses, mais 4 capítulos. Muitas histórias, viagens, dicas e aprendizado acontecerão! Não deixem de me acompanhar!

Beijos Beijos.

…Me sentindo em casa!

Hello!

Primeiramente gostaria de me desculpar.  Eu prometi a vocês que postaria um vídeo sobre meu final de semana. Eu fiz o vídeo, só esqueci de salvá-lo! (risos) 😦

Passear por Cambridge é sempre um prazer. Os finais de semana por aqui são super bem aproveitados pelos próprios moradores. Há famílias caminhando por toda a parte, curtindo os pubs e os outros espaços que a cidade oferece. As praças, os museus, a feirinha etc.

Imagem

Fomos almoçar no famoso PUB The Eagle (Benet’s Street), onde a história de Cambridge também está presente. Em sua ”bagagem”, o pub leva desde a passagem de diversos pilotos que lutaram na Segunda Guerra Mundial, que subiam uns nos ombros dos outros para deixar sua marca no teto do local, até a descoberta da molécula do DNA, por James Watt e Frances Crick.
A comida é similar à dos demais pub’s ingleses, mas vale a pena a visita ao local. Almocei o famoso ”Fish and Chips” e experimentei a famosa cerveja criada por eles: Eagle’s DNA (Valor final: 11 libras).

Imagem

Imagem

Todos os caminhos do centro de Cambridge levam a algo especial. Saindo do The Eagle, à direita, vê-se o famoso King’s College. Vir para cá e não conhecê-lo é como se não tivesse vindo. É realmente lindo! Para fazer o passeio em seu interior, geralmente, abre para visitação das 9:30h às 15:30h, mas é necessário perguntar ao porteiro (Porter’s Lodge) se a visitação está liberada, pois há vários eventos fechados ao público que são realizados nas instalações das faculdades. Os valores são: 7 libras (inteira) e 5 libras (meia). Obs: Não esqueça sua carteira internacional de estudante.

Os mais bonitos e mais visitados, sem dúvida, são a capela e o jardim do King’s College.

Imagem

Imagem

ImagemImagem

Imagem

Esfriou bastante no fim de semana, porém isso não foi motivo para ninguém ficar em casa! Os cafés estavam lotados e bem quentinhos. Não resistimos à um bom chocolate quente!

No domingo, 10 de março, é comemorado o dia das mães na Inglaterra, e por isso, tudo estava fechado, inclusive alguns ônibus não estavam circulando. Por exemplo, o meu.
Dia de ficar em casa, assistir um filme, fazer lição, ficar em baixo do edredom, etc. Afinal de contas lá fora estava nevando!

Boa Semana,
Beijos Beijos!

Imagem

Terceira Semana

Hello!
Como foi a semana de vocês?
A minha semana foi tranquila. Os dias por aqui foram bem chuvosos e frios,  deixando a semana sem muitas novidades. Isto  não quer dizer que eu não tenha algo para contar a vocês.

Segunda-Feira: acordei bem cansada, decorrência do meu ótimo e corrido fim de semana em Londres.  Almocei e saí direto para a escola. A semana começou com um novo tema na aula para ampliar nosso vocabulário.  Foi ótimo.
À  noite fomos todos jantar na residência estudantil para nos despedirmos de um amigo que estava voltando para o Brasil. Depois do jantar, Lola Lo (balada), A noite foi super bacana.

Imagem

Terça-Feira: Acordei às 10:30 h, fiz minhas lições de casa, almocei uma saladinha rápida e saí para a escola. Depois da aula,  encontrar minha amiga em sua casa para comprarmos  passagens para a Alemanha. Encontramos a passagem para Munique por um ótimo preço no site da empresa Ryanair.
Dica: O melhor modo de encontrar passagens: Skyscanner, Ryanair e Easyjet. E os melhores sites para encontrar hostels e hotéis são: hostelbookers e hostelworld.
Compramos nossa viagem e fomos jantar na Pizza Hut para comemorarmos!

Quarta-Feira: Um dia normal, casa/escola/casa.
Durante essa semana e nas anteriores tive alguns problemas relativos à casa onde estou morando. O pior deles decorre da distância da casa até o centro de Cambridge e dali até a Kaplan. Perco um tempo precioso dentro de ônibus. Por esse e outros motivos conversei com meus pais para pensarmos outra alternativa de moradia que possa me deixar mais próxima da escola.

Quinta – Feira: Acordei mais cedo que o habitual com o objetivo de  chegar  à Kaplan a tempo de conversar com as pessoas que cuidam da acomodação dos alunos nas moradias. Informei-os da minha situação e eles me explicaram que mudar para uma residencia estudantil, no momento, seria complicado pois há pouquíssimas vagas disponíveis. Após a conversa contatei a minha agência de intercâmbio no Brasil, Experimento, que me atendeu prontamente. Ligaram para a Kaplan , retornando com  duas possibilidades. Mudar para uma outra casa de família mais próxima da escola, ou mudar para a residência estudantil. Acredito que terei um retorno na próxima segunda-feira.
A aula foi animada , conduzida sob a forma de um teatro. Achei bem divertido.  No intervalo, utilizando a internet disponível no local,  eu e minhas amigas compramos passagens para uma viagem até a minha tão sonhada Barcelona! Preço  ótimo! Não tinha como recusar! 🙂

À noite fomos ao Pub The Avary,  parada obrigatória às quinta – feiras dos estudantes da Kaplan. Ficamos por lá conversando e curtindo nossa noite. Imagem

Sexta – Feira:  às 9:30 h já estava de pé  fazendo minha lição de casa. Um texto enorme e alguns exercícios de gramática. Feito isso, tomei um banho e fui almoçar.
Hora da aula. Hoje muita gente da minha sala concluiu o curso na Kaplan e por esse motivo, na próxima semana, estarei em outra sala de aula com um novo professor (a).

Hoje é isso meus queridos!
E tenho uma novidade do blog para vocês. Atendendo a  pedidos,  em  todos os próximos  finais de semana, postarei um vídeo ao invés de um texto para vocês me acompanharem por aqui.

Beijos,Beijos…Bom fim de semana!

London

Hello!
Boa tarde e desculpem a minha demora. O final de semana foi muito corrido, mas agora encontrei um tempinho precioso para contar a vocês como me apaixonei pela vibrante Londres.

“While my eyes go looking for flying saucers in the sky. I choose no face to look at, choose no way. I just happen to be here, and it’s ok.” Caetano Veloso.

Sábado:  Acordei bem cedinho, às 6h, arrumei minha mochila (roupas, documentos, carteira, máquina,  toalha etc), e fui encontrar o pessoal na estação de trem. Já na estação,  compramos a passagem para cada um por 12,50 libras. Lembre-se que para a passagem sair barata assim é preciso estar com um grupo considerável comprando.
Uma hora de distância entre Cambridge e Londres, no trem, passou voando. Descemos na King’s Cross e logo pude me sentir como num filme. De lá, pegamos o metrô para o Museu de História Natural.

O museu foi uma surpresa. Uma arquitetura belíssima em sua fachada. O museu fica localizado ao lado do metro na Exhibition road, onde existem outros 2 grandes museus: Victoria & Albert Museum e Science Museum. Além disso  é cheio de restaurantes à sua volta. Para conhecer o museu você deve  planejar o que gostaria de conhecer lá dentro, pois ele é enorme. Nossa escolha: dinossauros.  Nós ficamos impressionados com o tamanho dos fósseis e também com a beleza do interior do prédio.

DSC_0503 DSC_0474 DSC_0476

Passada uma hora, fomos para o hostel fazer o check-in.

O hostel: localizado ao lado da estacão de metro (Hendon Central), o Backpackers é o famoso “bom, bonito e barato”. O quarto é bem limpinho, assim como todas as partes do hostel. Há armário e tomadas individuais em cada cama. Internet free, computadores e café da manhã. O único problema é a distância até o centro, mas nada que um metrô não resolva. E caso você queira voltar depois que o metrô  tiver fechado: ônibus N13/ parada em golders green/N5/ parada na frente do hostel.

20130302_150119

Depois do check-in almoçamos rapidinho para curtir Londres. Fomos para a estação em direção à London Eye, a famosa roda gigante. Ao subir as escadas e ver aquela cidade vibrante,  cheia de vida e arte (não é exagero), tenho certeza que meus olhinhos brilharam. Ao mesmo tempo pude ver vários cartões postais. Era tudo real e eu estava ali. 🙂

DSC_0542

A cada passo desfrutava de arquiteturas contemporâneas e antigas. Eu estava curtindo cada detalhe. Fomos comprar o ticket para o passeio da Londo Eye. Tínhamos em mãos o voucher impresso do site que citei no post anterior e o ticket da viagem de trem que valida o voucher. Com eles pagamos só 50% do ingresso, 10 libras para cada.  A fila para a atração foi rápida. E então entramos. A vista é espetacular. Londres é especial. E mais especial ainda foi o pôr do sol que nos acompanhou. Aquele laranja iluminando o Big Ben e o Parlamento, foi único.

20130302_174003 DSC_0525 DSC_0537 DSC_0549 DSC_0553 DSC_0562

Em seguida fomos a uma feirinha gastronômica ali do lado. O cheiro era espetacular e a  visão das comidas mais ainda. Não sabíamos qual escolher e por isso fomos de barraca em barraca experimentando.  🙂

DSC_0565

Voltamos para o hostel. Lá nos trocamos para ir à uma “festa” chamada Pub Crawl. É um passeio de 5 horas por 5 pubs londrinos diferentes.  Foi uma noite ótima para conhecer a agitada vida noturna de Londres. Esse passeio acontece 365 dias por ano e pode ser comprado no próprio hostel por 15 libras.

Depois de muita risada,  falar MUITO inglês, conhecer a noite londrina etc, voltamos para o hostel. Estávamos muito cansadas.
Boa noite Londres!

20130302_220709

Domingo: Acordamos às 9h e fomos bater perna. Primeira parada: Notting Hill. Um ótimo jeito de conhecer Londres  são os passeios pelas feiras de domingo na cidade.  Em Notting Hill há uma bem famosa,  de antiguidades e lembrancinhas da Inglaterra. Andando por suas ruas vimos casas bem coloridas e germinadas, que deixam o bairro mais aconchegante.

20130303_11114520130303_111027

Ficamos um pouquinho por lá e fomos para Liverpool Street.  O lugar perfeito para um domingo em Londres. Existem por lá duas feirinhas: Spitafields – rua Brushfield street, E1 6DT- estação de metro Liverpool street e a Petticoat Lane Market – rua Middlesex Street, E1 – estações de metro Liverpool street, aldgate (abre às 9h fecha às 14h).

Fomos primeiro na Petticoat Lane. O caminho para a feira é a melhor parte. Podemos ver o prédio do Norman Foster e vivenciar a cidade. As construções novas e antigas, os grafites e as pessoas. A feirinha tem roupas de marca, sapatos e maquiagens por preços muito baixos. Por exemplo, um vestido lindo da Zara por 15 libras e maquiagens da MAC por 5 libras.

20130303_123547 20130303_144329

Caminhamos um pouquinho e fomos almoçar em um restaurante brasileiro para matar a saudade.
Comemos feijoada, alcatra, salada e arroz. Delicioso!

Hora de ir para a melhor feirinha e que eu indico 100%, Spitafields. Há muitas coisas de qualidade. Roupas, bolsas, comida, antiguidades etc. Para quem não quer ficar andando na feirinha (homens), há vários barzinhos e restaurantes em volta. Depois de algumas horas  fomos comprar nossa passagem de ônibus para Cambridge.

Na estação, compramos a passagem por 12,50 libras para cada uma, mas é possível encontrar passagens ainda mais baratas no período da manhã e da tarde. Próximo à estação há diversos pontos turísticos de Londres. Inclusive o Palácio de Buckingham, que escolhemos como nossa próxima parada. Andando pelas ruas ficávamos deslumbradas com tudo que encontrávamos.
O Palácio nos encantou assim como tudo que víamos por Londres. Vale a pena conhecer!

20130303_173243 20130303_173537 20130303_173641

Já estava escuro quando resolvemos jantar antes de embarcar na nossa jornada de volta até Cambridge.
Comemos umas besteirinhas e fomos para o ônibus. Mesmo dentro do ônibus, tivemos a oportunidade de ver a cidade toda iluminada. O Big Ben, Tower Bridge, Windsor e outras famosas obras, passavam encantadoras e me esperando para a próxima visita, na janelinha do ônibus.
Essa cidade respira histórias, culturas, vida. Apesar do constante movimento  mantém preservados  os símbolos estáticos no passado. Londres, eu voltarei! Agora vou para a minha pacata Cambridge.

Beijos Beijos!

E amanhã tem Londres!

Hello meus queridos!

Estou impressionada como está passando rápido essa viagem. Cada dia aqui passa voando. Já passou minha segunda semana. E no momento, sinto mais falta de comida do que das pessoas! Não me levem a mal, por favor.

image

Quinta-feira: Aproveitei a minha manhã!  Acordei às 8h para encontrar as minhas amigas no centro de Cambridge. Lá fora estava uma manhã fria e ensolarada. Adoro!

Já no centro, fui trocar meu plano do celular. Continuei com o chip da Lebara, porém paguei 39 libras para falar ilimitado com o Brasil e ter Internet ilimitada, por um mês. Feito isso fomos comer nosso amado crepe. Recomendo!

image

(Localizado no centro, próximo à estação, na rua Sidney)

Fomos passear por Cambridge. Comprar  umas coisinhas e fazer nossos planos de passeios e viagens.
Hora da aula. Tudo correu bem. Fizemos dois debates, o que foi ótimo para aprender inglês e melhorar minha pronúncia.

Voltei para casa. Esse não foi um bom momento na minha quinta feira. Eu preciso alertar as pessoas que virão para cá.  A comida aqui não é boa e ponto. É costume deles jantar comida congelada e sem tempero. Infelizmente não existem vários Jamie Oliver por aqui! Pois é, meu jantar foi péssimo.
Dica: vá ao mercado e compre frutas, frios, pães…e seja feliz 🙂

Sexta-feira: Acordei às 9h e fui para o centro! Ou eu estou me acostumando,  ou está ficando menos frio. Almocei e fui pra aula. Dia tranquilo.
Até porque amanhã tem Londres!

Para quem tem alguma dúvida:
1. Escolha, pela internet,  um hostel conhecido, barato e bem localizado.
2. Faça um planejamento dos lugares onde deseja ir.
4. Há um site com descontos otimos para passeios turísticos: days out guide.
3. A passagem do trem é comprada na própria estação. Quanto mais pessoas no grupo, mais barata sai a passagem. Por exemplo: 4 pessoas,  só duas pagam a passagem.

Hora de dormir.  O trem parte às 8h15.
Boa noite! Domingo conto como foi Londres!

Beijos beijos!

image