Meu primeiro mês.

”Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende.”

Quando dei por mim já havia se passado um mês. Tentei encontrar palavras para descrever a vocês essa habilidade do tempo de voar por aqui. Encontrei! Aprender nos traz muitas coisas positivas. Dá-nos um mundo de possibilidades e escolhas diferentes. Nos faz querer mais, e por isso o tempo voa! O que estou vivendo aqui é algo que apenas eu sei. Assim como um  livro é uma aventura diferente para cada pessoa,  uma interpretação e um aprendizado único de cada um.
Estou no primeiro capitulo e não quero mais parar de ler! 🙂

Antes de vir para o intercâmbio o que mais me preocupava era o ”assustador” primeiro mês. Milhares de dúvidas na minha cabeça, medo, insegurança etc. É normal. Por esse motivo resolvi fazer um resumo do meu primeiro mês com cinco tópicos: Escola, Alimentação, Acomodação, Facilidades e Passeios.

Escola (Kaplan): No primeiro dia de aula devemos estar na escola às 8h. Lá, eles encaminham os novos alunos para uma sala, onde são dadas explicações do curso, regras, passeios etc. As mais importantes para citar à vocês são:
O curso na Kaplan possui 5 níveis.  Lower Intermediate/Intermediate/Upper/Advanced/Proficiency.

– Faltas. cada aluno pode faltar até 80% do seu curso, caso contrário não recebe o certificado. Você pode faltar uma sexta feira do mês, mas nunca uma sexta-feira e, em seguida, uma segunda-feira.  Caso você esteja doente é muito importante ligar para a escola avisando e, de preferência levar um atestado médico. 

– Provas. O teste é feito sempre que se completam 5 semanas de curso para o aluno. Porém, se aluno quiser fazer a prova antes, ele pode solicitar à coordenação e ao professor(a). A prova é feita pelo computador com exercícios de gramática, escrita, escuta e leitura.  A avaliação do speak é feita durante as aulas pelo professor.

– Os passeios e viagens com a escola são distribuídos semanalmente. Feita sua escolha de passeio você deve avisar o responsável da escola, Justin,  e fazer o pagamento antecipadamente.

Depois dessas explicações faz-se a prova de seleção de nível. A prova tem uma duração de 45 minutos. Tempo suficiente para fazer a prova com calma. Em um determinado momento eles te chamam para conversar e avaliar sua fala. É uma conversa descontraída. O resultado é dado a cada um, 1h depois, já com os seus horários e salas de aula.

Obs: Uma dúvida de todo ”pré-intercambista” é: como precisa ser meu inglês para estudar fora?
Na minha opinião  é preciso chegar com um inglês acima do básico. Saber pedir informações na rua, fazer pedidos etc. Conheço pessoas que chegaram aqui sem saber falar praticamente nada, elas aprenderam? Sim.  Porém depois de 3 meses saíram com um inglês intermediário. É preciso se dedicar realmente na sala de aula e fora dela, em qualquer nível que esteja. Aproveite todo os momentos para aprimorar seu inglês, pois aqui passa muito rápido e quando mal percebemos estamos indo embora.

Alimentação:
Uma das maiores dificuldades encontradas pelos intercambistas de toda Inglaterra. Como somos estudantes, não podemos sair esbanjando dinheiro para almoçar e jantar. Os valor médios são de 3 à 6 libras.  Basicamente você irá comer: lanche natural, hambúrguer, peixe frito, batata frita, frango, feijão enlatado e ervilha (todos sem tempero).  Morando há um mês por aqui tenho algumas dicas de lugares:

Estudantes: The Avary, EAT, Subway, The Regal, Bella Italia, The Bath House, Giraffe e Milano.
A comida da Kaplan não é uma boa opção. DICA!

Turistas: The Regal, The Bath House, The Eagle, Jamie’s Italian, Nandos, The River, Pret a Monger,   e Indigo Coffe House.

A melhor dica para os estudantes é: Vá ao mercado, compre o que precisa e faça sua própria refeição.

Acomodação:
Essa questão é complemente individual. Cada um se adapta melhor em um lugar diferente. Há pessoas que preferem a residência estudantil, pois você tem o seu próprio quarto e banheiro, faz sua própria comida, tem uma liberdade maior e principalmente por causa da localização. Há quem prefira a Host Family, onde se tem o café da manhã e a janta preparado por eles, um quarto dividido com outra pessoa ou não, banheiro compartilhado etc. Algumas pessoas têm sorte e outras não.
Surgiu algum problema com a sua residência, você deve contatar a escola e sua agência de intercâmbio. Faça isso com no máximo 1 mês de antecedência, pois depois é difícil encontrar vagas disponíveis.

Facilidades:
Uma das minhas preocupações antes de vir para Cambridge era o plano para o meu celular. Neste um mês descobri um plano na Lebara, já citado em outro post do blog, que possibilita ligações ilimitadas para o Brasil e 3G ilimitado, por um mês.  Esse é o plano que se encaixa melhor para mim. Quando você estiver em uma loja, explique quais são suas prioridades e eles te mostrarão o melhor plano para você. Vá à Carphone Warehouse ou à 4U.

Há muitas viagens que valem a pena pela Inglaterra, por um ótimo preço. Próximo à estação de ônibus há uma ”tenda” onde são vendidas passagens de ônibus para Oxford, Liverpool, Manchester etc. Para Oxford, por exemplo, há o ônibus X5 de meia em meia hora saindo de Cambridge. Outra opção são viagens de trem. Há trens de 4 libras para Ely, por exemplo. Uma viagem de 20 minutos para uma cidade encantadora da Idade Média e que todos recomendam.
As viagens com a escola são uma ótima opção para o final de semana. Fique sempre atentos ao calendário de passeios da escola. Normalmente eles incluem duas cidades bacanas num único dia, e por um ótimo preço, ou duas cidades num final de semana incluindo hotel.

Passeios: Cambridge possui uma ótima estrutura para o turismo, o que proporciona diversão o dia todo. Porém, se sua visitar for planejada, escolha o final de semana: nesses dias, todas as atrações se voltam para o turismo. Sua visita pode começar com um delicioso passeio de punting, as famosas gôndolas de Cambrigde. A viagem com o chauffeur dura em média 45 minutos e custa de £10 por pessoa (preço para estudantes) a £25. Já o aluguel do punting para o passeio sem guia custa em média £20 por hora. Eu ainda não tive a oportunidade porque prefiro esperar um belo dia de verão para o passeio. Durante o passeio é possível ver a maioria das faculdades da Universidade de Cambridge por dentro, com seus prédios históricos e lindos jardins. Além da famosa ponte, Mathematical Bridge.
Além dos puntings, da  arquitetura e história, as faculdades ajudaram a dar fama à cidade. A Universidade de Cambridge é composta por 31 faculdades, e é possível visitar muitas delas gratuitamente, como a Peterhouse (a mais antiga, fundada em 1284), e a Magdalene College. St. Jonh’s College (3 libras pela visita.), Trinity College (3 libras pela visita) e a famosa King’s College (de 5 à 7 libras a visita). Outro lugar que merece ser visitado é a feira, que fica bem no centro da Cambridge. Repleto de barracas com todos os tipo de produtos, pode-se encontrar frutas e verduras, bolos e doces artesanais, roupas, discos e CDs, bijuterias e comidinhas deliciosas.

The Fitzwilliam Museum: É o maior museu da cidade e possui obras de artistas  como Monet e Picasso, entre outros, além de artefatos do Egito e de Roma. A entrada é gratuita e o museu funciona de terça a sábado das 10h às 17h e aos domigos e feriados das 12h às 17h. (Endereço: Trumpington Street, CB2 1RB). Fiquem sempre atentos à pontualidade britânica, não e um mito.

image-1363034530457-V

Agora são mais 4 meses, mais 4 capítulos. Muitas histórias, viagens, dicas e aprendizado acontecerão! Não deixem de me acompanhar!

Beijos Beijos.

Anúncios

Um pensamento sobre “Meu primeiro mês.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s