Cambridge: Como tudo começou?

Os dez passos principais.
O primeiro passo foi o sonho. O sonho de abraçar o mundo, de se aventurar, vivenciar culturas, errar, aprender, conhecer.
O segundo passo: amadurecer a ideia. A cabeça começa a se encher de perguntas. Para responde-las fui à feira de intercâmbio, fiz milhares de pesquisas em blogs, sites etc.
O terceiro passo: pra onde eu vou? Pesquisei sobre cada lugar que me interessava, e descobri o que eu realmente queria na Inglaterra. A arquitetura, cultura, o inglês, clima, e a proximidade com outros países.
O quarto passo: qual agência de intercâmbio escolher? Na feira de intercâmbio conheci várias agências e fiz todas as perguntas possíveis que passavam na minha cabeça. Selecionei três (1,2,3) e fui à essas agências escolher qual se encaixa melhor aos meus ideias de viagem, a que apresenta benefícios às nossas finanças e que vai estar comigo quando precisar de um help lá na frente. Optei pela Experimento.
O quinto passo: já na agência, escolher a cidade em que vou morar e a escola que vou estudar. Olhando os melhores custos, clima e o que lugar oferece, elegi Cambridge como minha nova cidade. Depois, li o que cada escola oferecia, sendo muitas as opções em Cambridge. As aulas, os horários, os professores, seu nome no mundo, passeios etc. A escolhida:Kaplan Cambridge.
O sexto passo: onde vou morar? Que grande indecisão foi essa! Tinha como opções: casa de família, república, alugar ap., hotel. Optei por ficar na casa de família por 2 meses. Se eu gostar continuo até os 5 meses, pagando mês a mês a família. Caso contrário, divido apartamento com algumas meninas em Cambridge. Por enquanto é isso.(Ainda não sei em que família vou ficar, pois eles liberam a família e o endereço uma semana antes da viagem.)
O sétimo passo: Escolher um seguro de saúde na agência. Optei pelo Assist Card. Escolher o cartão que vai usar durante a viagem. Optei pelos: Confidence e ISIC MasterCard (Cartão Internacional do estudante), esse que também serve como passaporte, cartão telefônico, e desconto em muito lugares.
O oitavo passo: Organizar todas as documentações necessárias pra viagem. São elas:

  • Passagem Aérea
  • Passaporte válido e cópia
  • RG – para menores de idade que não possuem o novo passaporte
  • Autorização de menor desacompanhado, para menores de idade
  • Visto (quando necessário)
  • Cartão Internacional de Vacinas com as vacinas obrigatórias para o destino escolhido
  • Cartões de crédito, Experimento Travel Card (VTM), dinheiro trocado
  • Assistência de Viagem Internacional – Assist Card
  • Confirmação do programa de intercâmbio e acomodação
  • Endereço da acomodação no país de destino
  • Confirmação do serviço de transfer, caso solicitado

O nono passo: Celular. Como eu tenho um Nextel e na Europa não existe nextel, optei por comprar um Samsung aqui no Brasil, mas escolher uma operadora na Inglaterra que me ofereça um plano bom para falar com as pessoas de lá e as daqui, além do 3G. As operadoras: Orange, O2, VodaFone.
O décimo passo: Para interagir e ao mesmo tempo matar a saudade de quem ficou, selecione umas fotos e faça um álbum de fotografia para mostrar à sua nova família e amigos. Compre também uma lembrancinha para sua ”nova família”. Além disso, para ajudar. faça uma listinha de tudo que precisa levar para a viagem.

Perguntas?
Beijo, Beijo.

Anúncios

5 pensamentos sobre “Cambridge: Como tudo começou?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s